Alimentação Nutritiva

Para levar em conta quando cozinhar

Uma dieta saudável não depende apenas dos ingredientes que usamos para cozinhar, mas também da forma em que manipulamos, armazenamos e cozinhamos. Por exemplo, as verduras são muito saudáveis, mas se as consumirmos fritas em óleo perdem a maior parte de seus benefícios para nosso organismo. Por isso, é importante levar em conta os seguintes conceitos a cada vez que formos escolher o preparo de uma refeição.

1) Derrubando mitos: congelar alimentos não diminui suas propriedades nutritivas. Não estamos falando dos alimentos que já vêm congelados, pois na maioria dos casos eles contam com aditivos. Mas congelar carnes e verduras apropriadamente (em sacos plásticos com fecho) não afeta suas propriedades.

2) Alerta! Cozinhar a temperaturas muito elevadas diminui o poder nutritivo dos alimentos. O calor intenso altera a estrutura dos alimentos e pode gerar a formação de substâncias não desejadas, que, quando consumidas em excesso são inclusive tóxicas. Por isso, não é recomendável fritar alimentos a mais de 170ºC.

3) Você sabia? A secagem ou a desidratação dos alimentos mantém as propriedades nutritivas dos mesmos.  Podemos comprar alimentos já desidratados (as frutas são as mais comuns) ou podemos os desidratar os alimentos em casa com uma máquina especifica, este é um método de conservação muito recomendável, porque mantém as propriedades dos alimentos ao mesmo tempo em que intensifica o sabor.

Notas relacionadas

Descubra mais dicas e conselhos que temos para você.

  • Ler nota >
    Alimentação Nutritiva

    Alimentos básicos para uma alimentação equilibrada

  • Ler nota >
    Alimentação Nutritiva

    Sementes, aliadas naturais da saúde

  • Ler nota >
    Truques de Cozinha

    Aliadas na geladeira: toalhas de papel contra a umidade

  • Ler nota >
    Alimentação Nutritiva

    Bebidas antioxidantes: chás e sucos

Ver mais notas